×
O que são cookies e como eles se relacionam com a segurança e privacidade de informações:
Introdução
Inscreva-se
Alana for innovation

O que são cookies e como eles se relacionam com a segurança e privacidade de informações

Está cada vez mais fácil abrir um site na internet e encontrar algum tipo de alerta relacionado ao uso dos cookies e se você permite…

Tempo de leitura: 4 min

Está cada vez mais fácil abrir um site na internet e encontrar algum tipo de alerta relacionado ao uso dos cookies e se você permite ou não o uso deles. Muito provavelmente você aceitou e nem leu sobre.

Neste artigo iremos descobrir o que são, se é seguro ativá-los e quais as consequências que isso pode ter para você ou para a sua máquina. 

Os cookies foram criados em 1994, lá no início da era dos computadores, por um funcionário da Netscape Communications. A ideia era facilitar os carrinhos de compra, tão utilizados atualmente nos e-commerces, que ainda não existiam plenamente naquela época. 

O que significam os cookies no mundo da internet?

Os cookies são pequenos arquivos de texto que contém uma espécie de etiqueta com uma identificação exclusiva, colocada pelo site que você está acessando (quando permite o seu uso). Diversas informações podem ser armazenadas nessa etiqueta, como páginas visitadas ou os dados fornecidos ao site, como nome, e-mail e telefone. 

Essas informações são armazenadas no cookie e enviadas ao seu navegador, que pode armazenar esses dados para uso posterior. Dessa forma, da próxima vez que você acessar o mesmo site, será reconhecido. Isso significa que, muito provavelmente, existem milhares de cookies armazenados no seu computador neste exato momento. 

Etapas: 1- dispositivo envia a solicitação para o site / 2 – website envia a informação solicitada e um cookie / 3 – dispositivo solicita novas informações e retorna o envio para o cookie

Tipos de Cookies

Existem alguns tipos de cookies que são usados no mundo da internet. Alguns são inofensivos, já outros podem comprometer seus dados e causar riscos. São eles:

Um exemplo de cookies permanentes de autenticação: quando é dada permissão para que o site lembre de você ou salve seus dados para próximas vezes. Já a função de rastreamento pode ser ativada sem que o usuário saiba, por ocorrerem de forma automática. 

Riscos e a privacidade

Dependendo de como os cookies são usados e como são expostos, são sim capazes de representar riscos à privacidade dos usuários de diversas maneiras. Os navegadores que permitem a utilização de cookies são capazes de rastrear todo o seu caminho na internet e podem acabar parando nas mãos de terceiros, como anunciantes, o governo, ou outros usuários, caso não haja uma boa segurança. 

Por isso, é importante tomar cuidado ao permitir o acesso de cookies em canais não seguros ou clicar em links desconhecidos, já que isso pode ocasionar em uma invasão e possível sequestro de cookies, que liberam suas informações para desconhecidos. 

Justamente por isso, esse assunto tem gerado diversas controvérsias entre grupos que defendem a privacidade e segurança dos usuários e de seus dados, causando o desenvolvimento de leis específicas em vários países para obter o controle e evitar possíveis abusos no uso da informação, como a Lei Geral de Proteção de Dados, que entrou em vigor no Brasil em fevereiro de 2020, e também a Lei dos Cookies que está em vigor na União Europeia desde 2011. 

A LGPD e os cookies

Como os cookies conseguem fornecer uma grande quantidade de dados pessoais e são capazes de identificar os usuários sem necessariamente precisar do consentimento dos mesmos, isso, do ponto de vista legal, significa uma grave violação de privacidade.

Ter avisos em conformidade com a LGPD, que não somente permitem ou não o uso de cookies, mas também solicitam a permissão do usuário para definir quais tipos de cookies serão usados é de suma importância. 

Dessa maneira, é interessante tomar medidas para cumprir a LGDP caso você seja proprietário de um site ou e-commerce, já que o não cumprimento das medidas estabelecidas por essa lei podem ocasionar desde multas com valores de até R$50 milhões até a proibição total ou parcial das atividades que envolvam o uso dos dados. 

Recomendação de leitura: Lei Geral de Proteção de Dados e o impacto no atendimento ao cliente.

Com isso dito, não é necessário se preocupar e parar de autorizar todos os cookies que encontrar daqui pra frente, já que eles fornecem funções que são de extrema importância para o bom funcionamento dos sites. 

O foco é na garantia de que os cookies estejam sendo usados de maneira correta, pois podem sim ser de ótima utilidade e até bons para os usuários. Com a LGPD, a política de uso dos cookies está tendo que se atualizar. Ao tomar alguns cuidados para evitar a grande exposição, o usuário continua seguro e pronto para navegar em todas as páginas da internet.