×
[Entrevista] Engajamento do Consumidor e AI, no Inside MarTech Report:
Introdução
Inscreva-se
Alana for innovation

[Entrevista] Engajamento do Consumidor e AI, no Inside MarTech Report

O CEO e Fundador da Alana AI, Marcel Jientara, bateu um papo sobre a principal temática do Inside MarTech Report deste mês: Engajamento do Consumidor.…

Tempo de leitura: 4 min

O CEO e Fundador da Alana AI, Marcel Jientara, bateu um papo sobre a principal temática do Inside MarTech Report deste mês: Engajamento do Consumidor.

E claro, falou sobre o essencial envolvimento da inteligência artificial no processo de digitalização das empresas que não quiserem ficar para trás em Customer Experience.

Liderado pelo Distrito, o Inside MarTech Report surgiu para prover mais inteligência para tomadas de decisão. A ideia é proporcionar, mensalmente, análises sobre quantas rodadas de investimento aconteceram no setor, as principais movimentações e tendências na área de tecnologia voltadas para a área de Marketing e quais startups estão dominando este meio. Assim, é possível ficar por dentro de tudo o que está acontecendo no mercado de MarTech no Brasil. E é claro que a Alana AI é uma das startups em destaque.

>> Clique aqui para acessar e saber mais sobre como adquirir o Report completo <<

Na entrevista, Marcel explicou para os leitores do report um pouco mais sobre a solução da Alana:

“A Alana é uma inteligência artificial proprietária criada para customer experience, capaz de coletar 10 anos de dados em canais sociais e unificá-los em um único ID Universal. Por meio de sua plataforma SaaS, a Alana interage, engaja e responde seus clientes de forma automática, personalizada e nada robótica, em qualquer canal digital.”

E ainda discorreu um pouco sobre a dor que estamos resolvendo para as marcas:

“Entregar uma ótima experiência ao cliente hoje não é mais opcional, e sim essencial para a sobrevivência do negócio. Por isso, criamos a Alana para que os negócios possam recuperar o controle, envolver os clientes e fornecer um suporte personalizado e super humanizado, sem gastar muito.” – introduziu Marcel.

Todos que fazem parte do ecossistema de startups e de Inovação, sabem que um dos principais desafios é superar as barreiras culturais e  vencer a dificuldade dos clientes entenderem o que aquela solução inovadora pode proporcionar.

Quando perguntado sobre isso e como a Alana AI pretende responder à demanda do mercado, Jientara respondeu que:

“Por mais que inteligência artificial seja uma pauta recorrente hoje em dia, ainda existem algumas barreiras a serem quebradas para uma marca utilizar o que ela pode oferecer de melhor em Customer Experience. O que precisa ficar claro, é que a Alana replica habilidades humanas, entendendo cada cliente e cada situação, aplicando uma camada de inteligência, automatizando tarefas em níveis e escalas impossíveis de serem alcançadas manualmente. Com isso as marcas conseguem resolver problemas, responder perguntas e engajar todos seus clientes, não importa que sejam 100 ou 100 mil consumidores.
Pretendemos lançar uma plataforma em 2021, onde os clientes poderão acompanhar de forma mais próxima (e visual) todos os processos em que a Alana está trabalhando. Com a nova plataforma, os clientes conseguirão visualizar de forma muito mais fácil os insights descobertos por ela e decidir mais rapidamente o que vão fazer a respeito deles.”

As aplicações de inteligência artificial para otimizar e impulsionar o engajamento do consumidor, sem perder o tom humanizado e personalizado que todo cliente espera, é justamente o foco central de desenvolvimento da Alana AI.

Dentro dessas possibilidades, o mercado de voz é uma tendência muito próxima do consumidor e nosso CEO foi perguntado sobre o futuro do relacionamento com o cliente nesse formato de comunicação:

“No momento, a Alana é especialista em NLP (Processamento de Linguagem Natural) em textos, sendo capaz de gerar interações diferenciadas nesse formato. À medida que os recursos de voz avançam no leque de soluções impulsionadas por inteligência artificial, nós da Alana nos mantemos atentos a essas movimentações e entendemos que um dia incluiremos esse tipo de solução em nosso roadmap.”- respondeu Jientara.

E completou:
“Enquanto houver a intenção de aproximar marcas e clientes e facilitar a comunicação entre os envolvidos, com certeza a Alana AI estará disposta a acompanhar essa tendência.
O futuro do relacionamento com o cliente está na desfragmentação das ferramentas e na simplificação dos canais de comunicação, para que a tecnologia fique com as tarefas onerosas e os humanos foquem no que realmente importa: ideias e estratégias para proporcionar uma melhor experiência para todos.”

Atender essa expectativa de aliar automação e personalização na comunicação com os consumidores pode ser um desafio no começo, mas que com certeza pode trazer muitos frutos positivos para quem topar aceitá-lo. Confira como a Alana pode ajudar a sua organização a atender mais canais de forma mais efetiva e consistente, deixando os clientes mais satisfeitos.

Sobre a Alana: A Alana é uma inteligência artificial proprietária criada para customer experience, capaz de coletar 10 anos de dados em canais sociais e unificá-los em um único ID Universal. Por meio de sua plataforma SaaS, a Alana vende, interage, engaja e responde seus clientes de forma automática, personalizada e nada robótica, em qualquer canal digital.