close

Insider

A importância da cultura de feedback para startups e seus colaboradores

Written by Alana Team
on Agosto 27, 2020

A cultura de feedback é crucial para que um time de alto desempenho evolua continuamente, e é definida pelo hábito de oferecer feedbacks contínuos e construtivos aos colaboradores. O desafio, porém é tornar o processo natural e estruturado.

Afinal, de nada adianta ter processos excelentes de recrutamento, contratação e onboarding, e depois não estabelecer parâmetros de qualidade para a execução técnica e ajuste cultural dos colaboradores de uma startup.

O feedback é um fator essencial para a evolução cotidiana do profissional e, consequentemente, para que atividades e projetos sejam executados com a máxima organização.

 

20200826_Quote_01-min

 

De acordo com uma pesquisa sobre feedback da consultoria Gallup, realizada nos Estados Unidos, pessoas que têm conversas frequentes com seus gestores são três vezes mais engajadas do que as que não recebem feedbacks.

Neste texto vamos abordar pontos relevantes para que startups se beneficiem da cultura de feedback, e também compartilhar algumas práticas que temos aqui na Alana para tornar o processo de feedbacks mais efetivo.

Saiba mais sobre:

  1. A importância da cultura de feedback para startups
  2. Práticas de avaliação de desempenho 
  3. Como criar e difundir uma cultura de feedback
  4. Ferramentas de gestão de desempenho e feedback

 

O impacto da cultura de feedback para startups

Criar bons processos de gestão e desenvolvimento de pessoas pode ser tão vital para um negócio quanto a gestão de vendas. 

São pessoas que geram resultados, e, por isso, o desenvolvimento delas deve ser estimulado para que realizem tarefas da melhor maneira possível, contribuindo para o crescimento da organização e de suas carreiras.

As startups, especialmente, lidam cotidianamente com grandes expectativas em relação a resultados e crescimento, e por isso precisam ser mais ágeis que empresas tradicionais ao rever seus processos e pontos a melhorar.

Entre os principais benefícios da cultura de feedback contínuo para startups estão:

 

Manutenção de fatores chave de sucesso para gestão de pessoas

O feedback é uma metodologia fundamental para que gestores de startups possam fazer um balanço da performance individual de cada pessoa e dos times como um todo. A partir disso, podem tomar melhores decisões sobre ajustes de liderança, capacitação e treinamento de profissionais.

Uma vez que normalmente trabalham com equipes mais enxutas e otimizadas, startups precisam extrair o melhor dos profissionais dos times, e ao mesmo tempo desenvolver seus potenciais.

Aqui na Alana, aprendemos que a prática contínua de feedbacks leva ao aumento dos seguintes indicadores:

 

CulturaDeFeedbacks_img02-min

 

Comunicação Interna e Colaboração

Startups também costumam promover muito mais integração entre diferentes departamentos, se comparadas às empresas tradicionais. Nesse contexto, equipes que colaboram umas com as outras na execução de projetos podem ser muito mais efetivas se colaboradores tiverem o hábito de oferecer e receber feedbacks contínuos. 

Além de melhorar a comunicação interna, o feedback reduz o tempo de resolução de problemas entre áreas e garante o melhor alinhamento entre diferentes partes. 

 

Planejamento

Para startups, a adaptação de processos internos acontece de forma muito rápida, e por isso têm muito a ganhar ao estabelecer feedbacks constantes. Assim, conseguem manter seu planejamento de projetos e resultados, mas sem deixar de lado pontos de atenção e melhoria por parte dos times. 

Além disso, a prática é importante para o planejamento e desenvolvimento de carreira de cada indivíduo.

Na Alana, observamos que os feedbacks recorrentes têm ajudado a agilizar os processos e a garantir que cada colaborador atinja seu potencial máximo dentro da empresa, considerando aspectos técnicos e culturais.

 

Práticas de avaliação de desempenho

É comum vermos empresas tradicionais fazerem avaliações de desempenho junto a colaboradores apenas algumas vezes ao ano - como trimestralmente ou a cada seis meses. Essa frequência não é aconselhável para uma startup, que precisa que seus colaboradores estejam constantemente se aperfeiçoando e melhorando suas entregas.

Por isso, adotamos uma ferramenta online de gestão de performance, o 15Five, além de termos reuniões semanais de  alinhamento de squads, times e lideranças. Além disso, fazemos reuniões quinzenais de verificação de OKRs (Objectives and Key Results).

Vamos falar mais sobre nossos processos, mas, antes, vamos explorar alguns métodos de avaliação de desempenho. 

 

CulturaDeFeedbacks_img03-min

 

linha-min-1

 

Métodos comuns de gestão de feedback

Receber ou dar um feedback nem sempre é confortável para todas as pessoas, mas é o que faz a diferença para promover melhor colaboração e performance entre os colaboradores. Seja ele positivo ou negativo, sempre encaramos a troca de feedbacks como um aprendizado e buscamos evoluir a partir dele.

Entre os métodos de gestão de feedback mais adotados estão:

 

Autoavaliação

Neste tipo de avaliação, o funcionário é quem analisa seus pontos fortes e fracos em um primeiro momento. Quem se conhece bem consegue lidar melhor com opiniões externas e fazer uma autoanálise de como melhorar profissionalmente.

Esse tipo de avaliação normalmente é dividido em duas fases:

  1. A pessoa faz uma reflexão livre
  2. Reunião entre gestor e colaborador para falar sobre os pontos levantados na autoavaliação

Na Alana, nossos colaboradores são convidados, quinzenalmente, a refletir sobre suas contribuições para a companhia, e depois recebem sugestões dos gestores técnicos e de cultura sobre como melhorar seu desempenho.

 

Avaliação 90º ou direta

Esse método é mais linear, onde o gestor faz a avaliação de cada indivíduo do time e então realiza reuniões individuais para falar sobre as suas percepções. A equipe de recursos humanos pode auxiliar nesse momento e determinar quais são indicadores e comportamentos que devem ser abordados pelo líder.

 

Avaliação 180º ou conjunta

A dinâmica da avaliação 180º é mais aberta, e consiste na realização do feedback do líder para liderados e vice-versa. Neste modelo, o gestor não precisa avaliar antecipadamente o time, ele pode apenas definir pontos para serem discutidos com cada pessoa. Além disso, também deve estar preparado para ouvir críticas construtivas por parte dos membros do time.

Esse processo é interessante porque permite que os colaboradores dêem feedbacks sobre o negócio e apresentem suas percepções sobre o andamento de projetos. 

Na ferramenta que utilizamos, por exemplo, colaboradores também são convidados a descrever como o CEO poderia ajudá-los a melhorar seu trabalho, além de responder a outras questões. Além disso, gestores podem solicitar reuniões individuais com seus liderados, nas quais ambos podem discutir os pontos pertinentes em relação ao feedback.

 

Avaliação 360º

Esta opção é mais trabalhosa e, talvez, conflitante, pois muitas opiniões são levadas em conta. Por outro lado, oferece aos times e colaboradores uma visão ampla sobre o desempenho da equipe e da sua própria performance. 

Seguindo este modelo, cada profissional é avaliado por todas as pessoas com quem trabalha, além de fazer uma autoavaliação. Como esta é uma estratégia mais complexa, é importante ter o processo bem estruturado antes de iniciá-la.

 

CulturaDeFeedbacks_img04-min

 

linha-min-1

 

Como difundir uma cultura de feedbacks efetiva em startups

Nenhuma empresa consegue estabelecer um processo estruturado de feedbacks de um dia para o outro, então é importante criar um planejamento de ações que incentivem a prática.

Alguns exemplos do que pode ser feito:

 

Estimular a comunicação aberta e transparente

O primeiro passo para encorajar o feedback contínuo é criar um ambiente aberto a opiniões e manter canais de comunicação diretos entre áreas, colaboradores e gestores.

Na Alana, temos a meta de garantir que no mínimo 60% da comunicação seja feita no canal do time para que as conversas ocorram de forma aberta. Isso diminui o receio que algumas pessoas possam ter de compartilhar informações, algo que é essencial para a construção de uma cultura organizacional saudável e produtiva.

 

Reuniões periódicas

Outra forma de estimular a comunicação e gerar aproximação entre pessoas é a prática de reuniões periódicas entre as equipes e também entre gestor e colaborador.

Elas são relevantes para que informações sejam compartilhadas de forma coesa e dentro do timing adequado - especialmente para startups. Não adianta dar um feedback  construtivo depois de meses que uma determinada situação aconteceu, por exemplo. 

 

Avaliações quinzenais 

Uma maneira de garantir feedbacks contínuos é estabelecer rituais semanais, quinzenais ou mensais para isso. Para empresas ágeis, como as startups, as avaliações quinzenais são excelentes para averiguar pontos de aprendizado dos sprints, como são chamados os períodos de execução de atividades nas metodologias ágeis. 

Como mencionamos, estabelecemos a plataforma 15Five como um hub de avaliações quinzenais, que além de facilitar a mensuração de clima organizacional, também ajuda na autoavaliação e interação entre pessoas da mesma equipe.

 

Treinamentos sobre feedback

Além de ensinar os colaboradores sobre o tema, é importante mostrar boas práticas de realização de feedbacks para reduzir a possibilidade de problemas relacionados à comunicação agressiva, por exemplo.

É válido também treinar líderes para intermediarem feedbacks internos do time.

 

linha-min-1

 

Técnicas de feedback

Existem algumas opções de técnicas de comunicação e avaliação de desempenho que podem ser usadas por startups para treinar gestores. A ideia é que os feedbacks sejam os mais justos e isentos possíveis, levando sempre em conta atributos mensuráveis. Vamos a algumas técnicas:


Situação, Comportamento e Impacto (SCI)

Para dar um feedback a algum colega ou colaborador, você pode levar em consideração três elementos principais. É importante descrever:

  1. a situação: em qual ocasião e ambiente algo aconteceu (positivo ou negativo)
  2. o comportamento: o que aconteceu, de forma direta e concisa
  3. o resultado: qual foi o impacto do comportamento (positivo ou negativo)

 

Feedback Sanduíche

Este modelo é sugerido para quando a tratativa do feedback for sobre algum ponto negativo do trabalho.  

Funciona da seguinte maneira: o gestor inicia com algo positivo sobre o colaborador, faz um gancho para o ponto que precisa ser melhorado, e volta a enaltecer algo que é positivo e pode ajudar a pessoa a evoluir.

Ou seja, o ponto negativo é mencionado entre dois pontos positivos.

 

CulturaDeFeedbacks_img01-min

 

linha-min-1

 

Ferramentas de gestão de feedback

As soluções de tecnologia têm ajudado startups e empresas de grande porte a estruturar estratégias de feedback.

Listamos quatro ferramentas de gestão pessoas, avaliação de desempenho e feedback.

 

TinyPulse

Este software é focado na gestão de funcionários e pode ser usado para melhorar o engajamento de times, já que ele permite a criação de questionários de feedback. A ferramenta consegue analisar as respostas e gerar relatórios, sem identificar os funcionários.

Também é usado para estimular a celebração de pequenas tarefas e enviar agradecimentos aos colegas de trabalho.

 

15Five

Como já mencionado, usamos essa solução na Alana AI para facilitar e alavancar a cultura participativa da empresa. Ela tem sido essencial na aproximação e gestão dos times remotos, já que pode ser integrada à plataformas de comunicação interna, como o Slack.

A premissa da ferramenta é a de que é necessário apenas 15 minutos para responder ao questionário, tanto do ponto de vista do colaborador, individualmente, como do ponto de vista dos líderes.

 

Ferramentas_15Five-min-1

 

Impraise

A Impraise oferece recursos de avaliação de desempenho, feedback quantitativo e qualitativo e a possibilidade de interagir com colegas. Ela se destaca por funcionalidade que permite listar habilidades necessárias para determinada função, além de cruzar as informações dos feedbacks em relação a tais habilidades, acompanhando o desenvolvimento do colaborador.

 

6Q

Esta ferramenta convida colaboradores das empresas a responder a seis perguntas por semana, escolhidas pelos gestores a partir de um banco de dados da própria 6Q ou personalizadas de acordo com a necessidade de cada time. Ela também oferece a opção de enviar cumprimentos aos colegas para reconhecer trabalhos feitos durante um determinado período, contando também com relatórios quantitativos.

 

linha-min-1

 

Sua empresa tem um ambiente favorável para feedback?

Dar um feedback consistente e que agregue ao colaborador depende da formação de hábitos de comunicação saudáveis dentro das empresas. 

Startups estão constantemente reavaliando suas práticas e desempenho dos times, e por isso é primordial a criação e a manutenção de uma cultura de feedbacks

Na Alana, buscamos criar um ambiente saudável para a troca de feedbacks, para que possamos atrair, reter e desenvolver os melhores talentos. Só assim conseguiremos crescer ainda mais no disputado mercado de tecnologia e inteligência artificial.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre as práticas de cultura da Alana AI, que tal conhecer mais sobre nossos produtos? Clique aqui e entenda como estamos usando inteligência artificial para melhorar o marketing e o atendimento ao cliente.

 

personagens escrevendo

 



assinatura_teamalana

 

Você também pode gostar:

Insider

Alana AI é acelerada pela InovAtiva Brasil

A Alana AI acaba de ser selecionada para participar do ciclo de aceleração da InovAtiva Brasil 2020, programa nacional q...

Insider

[eBook] Cérebros Humanos e Artificiais: um guia sobre inteligência artificial

Que tal aprender ainda mais sobre inteligência artificial com um guia prático, didático e recheado de curiosidades? Dese...

Insider

Regulamentação da inteligência artificial: entenda o debate mundial

O mercado de inteligência artificial está em franca evolução, e, com ela, a discussão sobre o arcabouço regulatório da t...

Receba insights sobre
Inteligência Artificial por e-mail,
na medida certa.