close

Insider

[Podcast] Inteligência Artificial & Humanos pela Saúde

Written by Alana Team
on Outubro 09, 2020

Você já pensou que tecnologias de inteligência artificial para saúde já estão no cotidiano de muitas pessoas? Produtos que monitoram batimentos cardíacos, como os smartwatches, por exemplo, usam AI para gerar informações. E quais outras funções a AI tem realizado para ajudar os humanos em prol da saúde?

No primeiro episódio da segunda temporada do Inside Alana Podcast, André Calvente, Marketing Manager e Marcel Rosa, Head of Design, ambos da Alana AI, comentam como o mercado de saúde está sendo revolucionado pela inteligência artificial.

Empresas de tecnologia envolvidas com saúde

De acordo com um estudo da Zion Market Research, realizado antes da pandemia, o mercado de saúde digital movimentará US$ 423 bilhões globalmente até 2024.

As empresas que trabalham com processamento de dados e inteligência artificial em saúde têm perfis muito diferentes, desde hospitais e seguradoras tradicionais, a grandes empresas de tecnologia e startups especializadas.

Os gigantes Microsoft, Amazon, Google e Apple são exemplos de corporações que já estão investindo no setor. Por exemplo, a Amazon adquiriu a Pill Pack, uma startup de AI que desenvolveu uma ferramenta que ajuda farmacêuticos a preparar, dosar e distribuir medicamentos aos pacientes. 

Inovação na saúde

O uso de inteligência artificial busca inovar a jornada do paciente, e nesse aspecto as empresas de tecnologia têm muito para acrescentar, já que costumam ter uma abordagem centrada no consumidor.

Além disso, é cada vez mais comum a criação de robôs inteligentes capazes de analisar avaliações pré-operatórias para orientar os movimentos do médico durante a cirurgia, o que pode diminuir em até 20% no tempo de internação de um paciente.

Uso de dados no setor

O principal desafio na área da saúde é em relação ao uso de dados, pois boa parte dos dados relativos à saúde, como dados biométricos, histórico de saúde, uso de medicamentos, entre outros, são informações consideradas sensíveis e protegidas por leis que regulamentam o uso dos dados, como a LGPD e a GDPR.

O desafio neste quesito é descobrir formas de escalar a tecnologia e, ao mesmo tempo, respeitar a privacidade do paciente.

Inteligência Artificial e Covid-19 no Brasil

Para quem desejar saber ainda mais sobre a aplicação da inteligência artificial na saúde, no quinto episódio da primeira temporada, nosso CTO Marcellus Amadeus conversa com Dr. Alexandre Chiavegatto, coordenador da rede IACOV-BR, que desenvolve algoritmos de machine learning para diagnóstico e prognóstico da Covid-19 no País.

Confira também os demais episódios da segunda temporada do Inside Alana Podcast, e entenda como diferentes setores estão usando a inteligência artificial como aliada do trabalho humano  da jornada do consumidor.

linha-min-1

 

personagens escrevendo

 



assinatura_teamalana

 

Você também pode gostar:

Insider

[Vídeo] O que muda com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)?

Você sabia que a Lei Geral de Proteção de Dados foi sancionada em Setembro deste ano e passará a valer a partir do últim...

Insider

A influência da anatomia humana na história da Inteligência Artificial

A inteligência artificial ainda é um paradigma para algumas pessoas e negócios, mas ao conhecer mais sobre sua história,...

Insider

[Podcast] Inteligência Artificial & Humanos pela Educação

A educação é um setor fundamental para o desenvolvimento de indivíduos e que pode ser muito beneficiado pela inteligênci...

Receba insights sobre
Inteligência Artificial por e-mail,
na medida certa.